PRINCIPAL
NOTÍCIAS


Concurso Polícia Civil do Paraná; edital sai dia 3 de março, diz deputado
Vagas para os cargos de papiloscopista, investigador e delegado
Folha Dirigida
25.FEVEREIRO.2020
Divulgação Divulgação

O edital do concurso Polícia Civil do Paraná será divulgado no dia 3 de março. A previsão foi dada pelo deputado estadual, Mauro Moraes, no último domingo (23). Segundo ele, a data foi definida após reunião com os titulares da Secretaria de Segurança e a diretoria da PCPR.

Ainda de acordo com o deputado, o edital será divulgado no mesmo dia do concurso PM-PR e Bombeiros-PR. Neste caso, o anúncio será feito no Quartel General da Polícia Militar do Paraná, no dia 3 de março, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior. 

Como informado por FOLHA DIRIGIDA, serão oferecidas 400 vagas, sendo 300 para o cargo de investigador, 50 para papiloscopista e 50 para delegado. Atualmente, para ser delegado da PCPR é preciso ter bacharelado em Direito. A remuneração inicial passa de R$13 mil.

Já para as carreiras de investigador e papiloscopista é necessário ter nível superior em qualquer área. Os ganhos iniciais são de R$5.478,49 e R$5.752,41, respectivamente.

Escolha da banca está em andamento

Apesar do anúncio do deputado, o que preocupa os futuros candidatos é a definição da banca organizadora. O processo ainda está em andamento. Em coletiva realizada no último dia 14, o governador do Paraná voltou a falar sobre o concurso Polícia Civil.

De acordo com ele, as seleções da PC e da Polícia Militar serão publicadas muito em breve. Ratinho Junior afirmou que o governo está licitando uma empresa ou universidade para a realização e elaboração das provas, ou seja, a banca organizadora.

"A parte mais burocrática já aconteceu, que é sair o projeto da Secretaria de Administração. Esta em fase de licitação a empresa ou universidade que vai realizar o concurso. É uma prova extremamente importante, mas nos próximos dias publicaremos os editais", disse.

O processo de escolha da banca organizadora do concurso da Polícia Civil do Paraná teve avanços nas últimas semanas. As movimentações registradas foram justamente em relação à contratação da empresa que ficará responsável pela seleção.

Ao todo, foram sete movimentações, sendo cinco somente no dia 11 de fevereiro. Conforme deliberação do Conselho da Polícia Civil, publicada no Diário Oficial no dia 12, foram encaminhados os expedientes para a análise e acolhimento da indicação para a contratação da banca organizadora. 

Tudo indica que o conselho já tenha escolhido a organizadora. O processo foi encaminhado para a Secretaria de Segurança Pública. Neste caso, a pasta precisa dar o aval. Somente após a autorização, o nome da banca será revelado.

Desde dezembro, o processo de escolha da banca é realizado. Na época, o governador do Paraná deu detalhes sobre as possíveis organizadoras, em entrevista a rádio RIC Mais.

"O concurso já foi autorizado, passou pela Secretaria de Administração e está em fase de licitação para contratar a empresa. Geralmente é uma universidade que ganha", disse.

Segundo Ratinho Junior, é provável que uma universidade seja escolhida. Sendo assim, para a seleção da Polícia Civil, duas bancas estão entre as mais cotadas: o Núcleo de Concursos da Universidade do Paraná (UFPR) e a Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops/UEL).

Concurso Polícia Civil terá provas no mesmo dia

As provas do concurso da Polícia Civil do Paraná serão aplicadas no mesmo dia. A mudança foi anunciada em dezembro, no Diário Oficial do Estado. Por unanimidade de votos, o conselho da PCPR decidiu pelas avaliações em apenas uma data.

Desta forma, as provas para os cargos de investigador, papiloscopista e delegado ocorrerão na mesma data. Com a mudança, os candidatos terão que concorrer em apenas um ou, no máximo, dois cargos (se as avaliações forem em turnos diferentes). 

Em setembro de 2019, o conselho da Polícia Civil avaliou um ofício enviado pelo deputado estadual, delegado Recalcatti, ao secretário de Segurança. Após a análise, os conselheiros determinaram que o novo concurso da Polícia Civil teria provas em dias diferentes.

No entanto, em uma nova votação, anunciada no dia 20 de dezembro, o conselho tornou sem efeito a deliberação anterior e decidiu pelas provas em um único dia. O motivo foi a oneração para os cofres públicos, considerando que seria necessária uma estruturação diferenciada para cada cargo.

Último concurso PCPR ocorreu em 2009

Um dos últimos concursos PCPR, com vagas para os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista, ocorreu em 2009. Na época, a Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops/UEL) foi a banca organizadora. A seleção ofereceu com 550 oportunidades.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, contendo 50 questões entre: Língua Portuguesa, Economia, Demografia Paranaense, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Estatuto da Polícia Civil, Legislação Específica e Direitos (Penal, Constitucional, Administrativo e Processual Penal).

Além disso, foram aplicadas provas de higidez, aptidão física e investigação de conduta. Todas as etapas do concurso foram realizadas na cidade de Curitiba, no Paraná.

Saiba tudo sobre o concurso Polícia Civil PR

  • Órgão: Polícia Civil do Paraná
  • Banca: a definir
  • Cargos: investigador, papiloscopista e delegado
  • Requisitos: nível superior
  • Vagas: 400
  • Lotação: Estado do Paraná
  • Remuneração: de R$5.478,49 a R$13 mil
Veja Também
Divulgação
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2020 - Todos os Direitos Reservados